Sem patrocínio, live de Lia de Itamaracá quer arrecadar verbas para músicos

Lia de Itamaracá, patrimônio vivo de Pernambuco, realizará uma live neste sábado (15), a partir das 20h, em seu canal oficial do YouTube. Durante a pandemia do coronavírus, a cirandeira chegou a participar de algumas transmissões, como lives promovidas por empresas do ramo cervejeiro ou debates virtuais produzidos por instituições. O diferencial desta vez é que a pernambucana será a anfitriã, apresentando, cantando e também buscando arrecadar doações.

Lia garante que todo o dinheiro será dividido para os músicos que a acompanham e estão sem trabalhar desde março, quando o distanciamento social foi colocado em prática. As doações serão a principal fonte de contribuição para o projeto do show na internet, uma vez que Lia não conseguiu qualquer patrocínio para a live.

“Gostaria de contar ainda com a colaboração de algum patrocinador. Qualquer doação vai nos ajudar a fazer esse show virtual ser ainda melhor. Vai ter muita ciranda pra todo mundo e animação também”, diz a artista. As contribuições, inclusive, já podem ser feitas através de QR Code, depósito ou transferência bancária. Os dados estão nas redes sociais da artista (Instagram e Facebook) e no final desta matéria.

A transmissão terá cerca de 1h30 de duração e será transmitida a partir de um estúdio que fica em Casa Forte, na Zona Norte do Recife. Por causa do distanciamento social e seguindo os protocolos de segurança, apenas três músicos estarão com Lia no palco: DJ Dolores, produtor musical da turnê Ciranda Sem Fim e da live, a percussionista Aisha e o guitarrista Samico.

Beto Hees, empresário e produtor de Lia, lembra que “vai ser possível dançar ciranda em casa”, já que o set de cirandas será maior na apresentação deste sábado pela internet. Ela também apresentará as faixas do Ciranda Sem Fim, álbum lançado em novembro com o selo Natura Musical. O projeto produzido por DJ Dolores explora a principal manifestação artística da cirandeira, mas impressiona ao passear por boleros e bregas setentistas com roupagens contemporâneas, a exemplo de O relógio, sucesso na voz de Altemar Dutra, e Apenas um trago, de José Ribeiro.

Dados Bancários para doação:
Centro Cultural Estrela de Lia
Bradesco
Agência: 2399-0
Conta Corrente: 24434-1
CNPJ: 08.284.461/0001-45
Diário de Pernambuco

DEIXE SEU COMENTÁRIO: "Os comentários a seguir são de inteira responsabilidade dos usuários, não correspondendo ao que pensam os idealizadores da marca JORNAL DE TODOS, isentando-os dos mesmos."

Por favor, digite seu comentário!
Digite seu nome...